Ceará

Ceará teve 96 casos de microcefalia confirmados em 2016, diz Sesa

  • PDF

Mosquito Aedes aegypti, transmissor do vírus da zika, em laboratório dos Estados Unidos (Foto: Alvin Baez /Files/Reuters)

A Secretaria da Saúde confirmou 96 casos de microcefalia no Ceará em 2016. O número total de notificações chegou a 409 casos. Do total, 202 suspeitas foram descartadas e 111 continua em investigação. Até o momento, em 2017, foram notificados dois casos entre o dia primeiro e sete de janeiro - os dois ainda permanecem em investigação.

Em 2015, com início do monitoramento em outubro, foram 232 casos notificados, com 56 confirmados, 136 descartados e 40 que ainda são investigados.
Ainda no fim do ano passado, o Ministério da Saúde modificou os grupos para notificações em: recém-nascido com até 48 horas de vida, recém-nascido ou criança após as primeiras 48 horas de vida, condições identificadas durante o pré-natal, aborto espontâneo até a 22ª semana gestacional, óbito fetal ou natimorto e óbito neonatal precoce.
Com as novas recomendações, os casos podem ser encerrados também como casos prováveis e inconclusivos.

Total de 152 casos (2015-2015)
Entre o confirmados, a Sesa, afirma que 106 foram encerrados pelo critério clínico-radiológico e 46 pelo critério laboratorial, sendo que 6 casos foi apontada infecção congênita por algum Storch² e 40 casos pelo vírus Zika.
A maioria dos casos foi confirmada entre mulheres, com 79 registros, e 73 do sexo masculino. Dos 184 municípios cearenses, 119 notificaram casos da doença, onde 56 cidade confirmaram casos nos anos de 2015 e 2016.
Ainda no período foram notificados 50 óbitos suspeitos, destes, 25 foram confirmados, 4 foram descartados e 21 seguem em investigação. Fortaleza concentra o maior número de dos óbitos confirmados (9).
Recomendações
Para evitar o contágio, a Secretaria de Saúde orienta sobre os cuidados com o mosquito Aedes aegypti, vetor do vírus. As gestantes devem fazer uso de repelente tópico, considerando a relação causal entre o Zika vírusx e os casos de microcefalia relacionada ao vírus Zika diagnosticados no país. Estudos indicam que o uso tópico de repelentes a base de DEET por gestantes não apresenta riscos.
Em casa, os repelentes ambientais saneantes regularizados devem ser regularizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisax). Esses produtos não devem ser indicados ou utilizados diretamente em seres humanos, mas em superfícies inanimadas e/ou ambientes, seguindo sempre, com atenção, as orientações do fabricante.
É importante que as gestantes realizem um acompanhamento e as consultas de pré-natal, com a realização de todos os exames recomendados pelo médico. Elas também não devem consumir bebidas alcoólicas ou qualquer outro tipo de drogas, não utilizar medicamentos sem orientação médica e evitar contato com pessoas com febre ou infecções.
Além disso, a população deve adotar medidas que possam reduzir a presença de mosquitos transmissores de doença, com a eliminação de criadouros e proteger-se da exposição de mosquitos, como manter portas e janelas fechadas ou teladas. Gestantes devem usar calça e camisa de manga comprida e utilizar repelentes permitidos para gestantes.

Fonte: G1/CE

Cúpula da SSPDS é formada por perfis operacionais

  • PDF

A equipe que vai ajudar o secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) a cumprir a meta de redução de roubos e furtos no Ceará, sem descuidar da diminuição dos homicídios, é formada por perfis técnicos e operacionais, a maioria com experiência acima de dez anos na segurança pública.

O perfil se assemelha ao do novo titular da pasta, delegado André Costa, que atua há 15 anos na Polícia Federal. Os nomes dos novos gestores foram divulgados ontem. A data de posse ainda será definida pelo Governo do Estado.

Como secretário-adjunto da SSPDS, assume o tenente-coronel Alexandre Ávila de Vasconcelos, atual comandante do Batalhão de Choque (BPChoque). O novo delegado-geral da Polícia Civil passará a ser Everardo Lima da Silva, que estava na chefia do Departamento Administrativo Financeiro da Civil.

O delegado-geral adjunto Marcus Vinícius Sabóia Rattacaso permanece na função.

A chefia de gabinete da Polícia Civil vai ficar a cargo do delegado Sérgio Pereira dos Santos, que hoje é titular da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD).

O tenente-coronel Alexandre Ávila atuou por 21 anos no BPChoque e por cinco foi comandante das tropas de operações especiais. É especialista em distúrbios civis, explosivos e armamento de menor potencial ofensivo.

Ávila é conhecido por investir no diálogo. Um dos episódios foi a manifestação que aconteceu no Instituto Federal do Ceará (IFCE), em 2014, quando manifestantes desocuparam a unidade de forma pacífica durante a negociação.

Ele também esteve no comando das tropas durante a Copa das Confederações, em 2013, quando o Estado foi o único no País que não teve bloqueio furado. O comandante foi responsável pela inserção de policiais mulheres no BPChoque.

Já o coronel Lauro Prado, que deixa a secretaria-adjunta, retorna à reserva da PM. Em conversa com O POVO, ele disse não ter pretensão de assumir novos cargos. “Agora vou pra casa, descansar. Tentar aproveitar tudo que construí nesse período. Foram 32 anos nesse ritmo, ligado 24 horas. Acho que vou levar algum tempo para desacelerar”, conta. (colaborou Thiago Paiva)

Fonte: O Povo Online

EDUCAÇÃO: Melhor evolução no País é do Ceará

  • PDF

O Ceará apresenta as maiores evoluções entre os números de 2013 e 2015 de alunos do 5º ano do ensino fundamental que têm conhecimento adequado à idade. Com aumento de 15,6 e 8,5 pontos percentuais em Português e Matemática, espectivamente, o Estado passou de 45,4% para 61% em Português — o 6º melhor percentual do Brasil e o melhor do Norte e Nordeste; e de 35,4% para 44% em Matemática — o 11º melhor percentual do País, também no topo regional.

Os dados fazem parte de relatório da Meta 3 do Todos Pela Educação (TPE) — Todo aluno com aprendizado adequado ao seu ano —, realizado com base na proficiência dos alunos nas avaliações da Prova Brasil e do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2015. O movimento considera que tem aprendizado adequado o aluno que atinge ou supera as seguintes pontuações em Português e Matemática: 200 e 255 no 5º ano do Ensino Fundamental; 275 e 300 no 9º ano do Ensino Fundamental; e 300 e 350 no 3º ano do Ensino Médio.

Analisados os percentuais de cidades onde os alunos atingiram o nível satisfatório de aprendizagem, o Estado tem 94,9% de municípios que alcançaram a meta no 5º ano em Português — o índice mais alto entre os estados da federação. O feito se repete na mesma disciplina no 9º ano, com 73% dos municípios com a meta batida. Na avaliação de Matemática, com índice de abrangência dos municípios de 89,2%, o Ceará é o segundo colocado, atrás apenas do Acre. No 9º ano, apesar do índice baixo de 22,6% dos municípios no patamar desejado, o Estado é o que apresenta a melhor taxa no País.

Para o gerente de Conteúdo do TPE Ricardo Falzetta, “o desempenho do ensino fundamental 1 mostra que algumas políticas públicas, como o Programa de Aprendizagem na Idade Certa (Paic), deram resultado”. “Existem críticas que se pode fazer, mas tem uma continuidade e ele foi aperfeiçoado ao longo dos anos”, aponta.

Rogers Mendes, coordenador de Gestão Pedagógica da Secretaria da Educação do Estado (Seduc), afirma que o Mais Paic deverá, nos próximos anos, ampliar os bons resultados para os anos finais do ensino fundamental e também para o ensino médio.

O Estado tem nove cidades entre as 100 melhores em Português e 14 entre as com maiores índices em Matemática no 5º ano, em um universo dominado por municípios do Sudeste e do Sul.

No 9º ano, são duas e quatro as cidades entre as 100 com mais altos índices do País. “O Ceará é talvez o único Estado que tem um nível sócio-econômico abaixo da média brasileira e que está conseguindo resultados na educação acima da média”, destaca Falzetta.

Fonte: O Povo Online

Última atualização em Qua, 18 de Janeiro de 2017 09:30

Ceará registra 1.008 raios em um dia de chuva

  • PDF

A Enel Distribuição Ceará registrou, por meio do Sistema de Monitoramento de Descargas Atmosféricas, em 2017, de 1º a 17 de Janeiro, 2.339 raios, um aumento de cerca de 51% a mais comparado ao todo mês de Janeiro do ano passado.
O município de Granja foi o município com maior incidência, registrando 166 descargas só neste ano, seguido de Araripe (135) e Várzea Alegre (118). Só a chuva de hoje (17) registrou 1008 descargas, cerca de 43% dos raios registrados no mês inteiro no estado. Em 2016, foram registrados 22.596 raios no Ceará. Granja foi o município com a maior incidência de raios no Ceará (1291); seguido de Santa Quitéria (946) e Sobral (941).
O Sistema de Monitoramento de Descargas Atmosféricas foi desenvolvido com a finalidade de identificar o local de queda do raio na rede elétrica, prever tempestades e, consequentemente, minimizar o tempo de atendimento.
O Sistema de Monitoramento de Raios, com acesso gratuito e ilimitado pela internet, oferece informações sobre o número de descargas atmosféricas e a situação do tempo em todo o Brasil.

Fonte: C News

Oriente Médio: governador discute refinaria com investidores iranianos

  • PDF

2017-01-17-PHOTO-00000975c

O governador Camilo Santana se reuniu nesta terça-feira (17), no segundo dia de missão oficial no Oriente Médio, com investidores do Irã para debater a instalação da refinaria no Ceará. O encontro contou com a presença do vice-ministro do Petróleo, Abbas Kazemi, que também é presidente da National Iranian Oil Refining and Distribuition Company (NIORDC).

A empresa iraniana é responsável pela execução dos investimentos estratégicos no setores de Óleo e Gás e pela distribuição dos produtos comercializados pelas estatais do país. “Deixei claro a nossa disposição em trazer uma refinaria para nosso o Estado e expus o interesse em contar com a 2017-01-17-PHOTO-00000977epresença de investimentos do Irã nesse projeto. Tivemos ótima receptividade dos iranianos para a viabilização do negócio”, citou o governador Camilo Santana, que estava acompanhado do assessor especial para Assuntos Internacionais, Antônio Balhmann.

Durante o encontro, realizado em Teerã e que contou com a participação do diretor de Planejamento Corporativo e Membro do Conselho Gestor da NIORDC, Alireza Arman Moghadam, o governador apresentou ainda a Zona de Processamento de Exportação. A área compreende o local destinado à implantação da refinaria e representa grande diferencial para empresas interessadas em investir no Ceará.

Irã e Emirados Árabes

2017-01-17-PHOTO-00000980fTambém nesta terça-feira, a comitiva cearense se reuniu com o embaixador do Brasil no Irã, Rodrigo de Azeredo. Amanhã, o governador Camilo Santana e o secretário Antônio Balhmann seguem para Dubai, nos Emirados Árabes, onde participam de encontro com empresários de multinacional das áreas de óleo, gás, energia e água. Também no país, em Sharjah, Camilo Santana visitará uma das maiores plantas de dessalinização do mundo.

Refinaria chinesa

Em novembro de 2016, o governador assinou, na China, um Memorando de Entendimento (MOU - Memorandum of Understanding) com a multinacional de petróleo Guangdong Zhenrong Energy para realização de estudo – em andamento - sobre o projeto da refinaria do Ceará. Se concretizada, a previsão é de que a unidade de refino produza até 300.000 barris/dia, com investimento de 4 bilhões de dólares.

Fonte: Site Oficial do Governo do Estado do Ceará

Dia do Ceará será comemorado terça-feira

  • PDF

O Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura, comemora na terça-feira (17), os 218 anos de emancipação do Estado. A programação especial comemorativa ao Dia do Ceará será realizada no município de Aquiraz, primeira capital do Estado, com abertura oficial às 9 horas, na Praça Cônego Araripe, a Praça da Matriz, em cujos arredores se localiza um dos equipamentos da Secult, o Museu Sacro São José de Ribamar. O evento tem apoio da Secretaria de Cultura e Turismo de Aquiraz.
Às 9h a programação festiva do Dia do Ceará terá início com a abertura da solenidade, com a presença do secretário da Cultura do Estado do Ceará, Fabiano dos Santos Piúba, de outras autoridades e de convidados. A Banda de Música Municipal de Aquiraz executará os hinos da cidade e do Estado, seguidos do hasteamento das bandeiras de Aquiraz, do Ceará e do Brasil.
Na sequência, a festa contará com o Coral e a Orquestra da ONG Tapera das Artes, localizada em Aquiraz, executando o Hino Nacional Brasileiro e outras músicas. O Coco do Iguape, um dos mais tradicionais grupos da cultura popular cearense, também realizará apresentação especial, às 10h.
A distribuição de 218 mudas de plantas, doadas pelo Parque Botânico do Estado, gerenciado pela Secretaria do Meio Ambiente doEstado do Ceará (Sema), e uma visita ao Museu Sacro São José de Ribamar encerram a programação.
O Dia do Ceará
O dia 17 de janeiro faz parte do calendário oficial de eventos do Estado por meio da Lei nº 13.470, de 18 de maio de 2004, que instituiu a data comemorativa referenciando o dia em que o Ceará ganhou autonomia da Capitania de Pernambuco, em 1799, tornando-se administrativamente independente. A emancipação do Ceará foi garantida por Carta Régia assinada pela Imperatriz de Portugal, D. Maria I, em virtude do crescimento populacional e econômico que a antiga capitania do Ceará apresentava em 1799.
A lei estadual determina a realização anual de um evento oficial em Aquiraz, primeira capital do Estado, por ocasião da data. Além disso, órgãos e entidades da administração estadual, assim como as escolas da rede pública estadual de ensino, devem promover o Dia do Ceará.

Fonte: C News

Previsão mais importante e uma das mais difíceis da história

  • PDF

O cearense tomará conhecimento nesta semana da informação mais importante para determinar o desenrolar do ano. O prognóstico da quadra chuvosa, a ser divulgado nesta quarta-feira, 18, indicará se a atual seca chegará ao fim ou irá superar o recorde de estiagem mais longa já registrada. Os dados já apontam que é a mais severa em mais de um século.

A depender das projeções da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), a Capital entrará em racionamento no próximo mês.

Situação que não ocorre há 23 anos.

O prognóstico da Funceme será crucial também politicamente. A falta de chuvas já é considerada pelo governador Camilo Santana (PT) como maior dificuldade de sua gestão. A previsão sinalizará se ele terá alívio na crise hídrica ou se continuará a administrar a escassez crescente de água.

Todas as projeções da Funceme conseguiram antecipar como seria a quadra chuvosa nos últimos anos, tanto quando houve seca quanto nas ocasiões em que choveu demais. Para esta quadra chuvosa, o prognóstico também é considerado um dos mais difíceis.

O relatório indicará as chances de as chuvas ficarem acima, abaixo ou próximo à média histórica. As informações são usadas pelo Governo do Estado para a elaboração de políticas de contingenciamento da seca ou controle enxurradas. “O prognóstico nos dá uma diretriz. Ano passado, a Funceme deu probabilidade de chuva abaixo da média. Em março, já começamos a discutir medidas, como o aumento da tarifa de contingência, implantado em agosto”, ressaltou o secretário dos Recursos Hídricos, Francisco Teixeira.

Dificuldade

Para chegar às probabilidades, meteorologistas analisam dados acumulados há ao menos 30 anos, incluindo informações sobre campos atmosféricos e oceânicos, anomalias e fenômenos naturais.

Neste ano, fatores que poderiam facilitar a previsão não estão presentes, tornando a tarefa mais difícil. O El Niño (aquecimento das águas do Pacífico), que poderia influenciar em mais um ano de estiagem, não se apresentou. O La Niña (resfriamento do Pacífico), por outro lado, está fraco e deve perder força até a quadra chuvosa. Essas duas variáveis influenciam de forma mais intensa a quantidade de chuvas. Quando há um ou outro fenômeno, é mais fácil o prognóstico.

Sem eles, os meteorologistas se voltam ao Atlântico, que também está indefinido, além de ser historicamente mais imprevisível.

Para os gestores, há preocupação tanto se não chover quanto se chover. “Se for um prognóstico muito ruim, Deus queira que não, vamos ter de pegar o resto da água e aplicar, basicamente, para abastecimento humano”, projetou Teixeira. O secretário estima que, num cenário pessimista, até o fim de fevereiro o Governo deve estabelecer racionamento de água.

“Por outro lado, se as chuvas forem dentro das normalidades, não podemos nos empolgar”, ressaltou o titular da SRH, com receio de que a população pare de economizar ao ver a volta da chuva.

Fonte: O Povo Online

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Total de Acessos

  • Visualizações de Conteúdo : 17776900

.:: Fique ainda mais conectado ao seu SPN::.


Internautas Online

Nós temos 2259 visitantes online